Resenha O Hobbit

 25-4-2018   Livia - Literatura   Artigo

"Numa toca no chão vivia um hobbit". Esse hobbit é Bilbo Bolseiro. Ele adorava o conforto do seu lar. Comia bem, tinha uma cama confortável... Mas tudo muda quando o mago Gandalf, o Cinzento resolve bater à sua porta e chamá-lo para uma aventura.

Bilbo, que sempre prezou pela sua boa reputação, foi recrutado para ser um ladrão. Ele precisa ajudar os anões a reconquistarem um grande tesouro e será muito bem recompensado por isso. Bilbo acaba aceitando e inicia uma longa viagem, cheia de perigos e desafios. Título: O Hobbit Autor: J.R.R. Tolkien Tradutora: Lenita Maria Rímoli Esteves Editora: Martins Fontes Ano: 2012 Edição: 6ª edição Páginas: 293 Escrito em 1937 por J. R. R. Tolkien, O Hobbit é um clássico da fantasia infanto-juvenil e precede a famosa trilogia O Senhor dos Anéis. É aqui que somos apresentados a personagens icônicos, como Gandalf, Gollum e ao próprio anel que tem a capacidade de deixar alguém invisível. Diferentemente da trilogia, O Hobbit não tem a escrita maçante e cheia de detalhes como os outros livros, mas uma narrativa fluida em narrador onisciente que parece ler a mente de Bilbo. Bilbo Bolseiro, se antes subestimado, passa a ganhar a confiança dos anões e até mesmo a ser responsável pelo sucesso das missões. A narrativa é cheia de reviravoltas e muitas vezes deixa o leitor sem fôlego. O livro é repleto de aventuras e nele um universo inteiro é construído. Conhecemos magos, orcs, elfos, anões, hobbits, os "homens grandes", anões... E tudo é muito bem construído e amarrado. A narrativa de Tolkien permite imaginar cada cena como se ela se passasse diante de nossos olhos. E o tempo inteiro tem referências ao mapa que se encontra no início do livro. É legal ir lendo e acompanhando o trajeto dos viajantes. Com certeza esse livro me fez superar o trauma de A Sociedade do Anel e encarar de vez essa trilogia que tanto quis ler. Lembro que cheguei quase até a metade do livro e não consegui terminar por conta do excesso de descrições. Mas hoje sinto-me mais madura e preparada para a leitura. Essa edição da Martins Fontes está lindíssima. Encadernada em capa dura, com as ilustrações originais feitas pelo próprio Tolkien, tradução de runas, folhas de guarda maravilhosas e o mapa. Ganhei no natal do meu namorado e não tem como não encher os olhos com essa beleza.
Texto originalmente publicado em http://www.checkinvirtual.com.br/2017/09/o-hobbit.html Me acompanhe pelas redes sociais! Instagram (@checkinvirtual) Facebook Twitter Pinterest Skoob Youtube
Escrito por:
Livia - Literatura
Veja também...
Siga nossas Redes
Publicidade